segunda-feira, 5 de março de 2018

MOTOBOYS PROTESTAM PELA MORTE DE COMPANHEIRO


Na manhã deste domingo (04/03) um trecho da Rua Olinda, nas Malvinas, em Campina Grande, foi interditado pelos colegas de profissão do motoboy Ayrton Luiz Aleixo Coutinho, de 23 anos de idade.

Na noite de 22 de fevereiro ele morreu ao colidir com a moto em uma barra ferro.
Um motorista com um carro perseguiu e fechou Ayrton que estava numa fazendo entregas.
Familiares e amigos não têm dúvidas que o acidente foi proposital.
Teria ocorrido uma discussão no trânsito e o motoboy foi trancado pelo carro.
O rapaz era casado e tinha uma filha de quatro anos.

5 comentários:

  1. Se fosse filho de algum político

    O rapaz do carro ja estaria preso essa hora.

    ResponderExcluir
  2. É UMA TURMINHA MEIO COMPLICADA ESTA DE MOTOQUEIROS. SÃO QUASE TODOS VALENTÕES E QUASE NUNCA RESPEITAM NINGUÉM. EXISTEM RARÍSSIMAS EXCEÇÕES. OLHA AÍ O RESULTADO !!!!!

    ResponderExcluir
  3. Acho vocês um bando de babacas, ficam criticando motoqueiros(entregadores), mas quando pede a pizza no conforto da sua casa querem de imediato, quando não chega no prazo faz maior briga!
    Hipócritas

    ResponderExcluir