quinta-feira, 21 de junho de 2018

“COLETE SALVA-VIDAS”: TRIO COM CARRO ROUBADO ASSALTA POSTO, ATIRA EM PM E ACABA PRESO; COLETE BALÍSTICO EVITOU QUE TENENTE FOSSE BALEADO


A polícia militar prendeu, entre a noite da quarta-feira (20/06) e madrugada desta quinta (21), um trio com um carro que foi roubado no Bairro Cruzeiro.
O três são acusados de assaltar um posto de gasolina, no Bodocongó, e atirar em um tenente da ROTAM.
O colete balístico evitou que a bala atingisse o policial.
Tudo ocorreu em Campina Grande.
O disparo foi nas costas do PM.
Uma guarnição fazia rondas na região leste e nas imediações do antigo posto “Xavante” um policial visualizou um veículo Versa que havia sido roubado.
Na tentativa de abordagem, o condutor do carro deu ré, porém foi efetuado um disparo na direção da PM.
O tenente sentiu o impacto nas costas, mas continuou na “ativa”.
Houve revide e de imediato foi preso Matheus Felipe, de 21 anos, morador do Bairro Monte Santo.
Neste mesmo instante o PM foi socorrido para o Hospital de Trauma, atendido e liberado.
Os outros dois envolvidos, Rodrigo Marcelino, de 21 anos, e Cícero Pereira Santos, de 28, que estavam no posto, assaltando, fugiram, mas foram presos nesta quinta.
A PM apreendeu um revólver calibre “32”, um capuz, uma talhadeira e uma marreta.
De acordo com o delegado Gilson Teles, um dos presos alegou “falta de emprego e dificuldades para arranjar trabalho” e outro alegou que não disparou contra o tenente.
Os três vão responder por roubo majorado e resistência a prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário