quinta-feira, 7 de junho de 2018

PC PRENDE ACUSADOS DE HOMICÍDIOS EM CAMPINA


A polícia civil com apoio da PM prendeu no início da manhã desta quinta-feira (07/06) três pessoas envolvidas em dois homicídios ocorridos em Campina Grande nos meses de janeiro e maio deste ano.
Foram cumpridos Mandados de Prisão Preventiva na Liberdade, Sítio “Laranjeiras” e em um dos presídios da cidade.
No sítio “Laranjeiras” foi preso Márcio Lucas, de 23 anos.
De acordo com a PC ele teria tramado a morte de Marco Antônio Nascimento Sousa no final da tarde de 18 de maio em um posto de gasolina no centro de Campina Grande.
Espontaneamente ele falou com a imprensa e disse que não tem nada a ver com o caso e está tranquilo.
A delegada Suelane Guimarães  disse que o motivo da morte de Marco foi vingança.
Marco teria matado em Massaranduba, no ano passado, um amigo de Márcio e de seus companheiros.
Por causa desse crime já se encontravam presos Renata Kelly e Josenildo do Nascimento.
Dois envolvidos continuam foragidos.
Já os primos Lucas Rodrigo Alves, de 23 anos, e Levi Mateus Ferreira, de 20, foram presos acusados da morte de Avanice Gomes dos Santos, de 48 anos.
Levi já se encontrava preso no Serrotão,  e Lucas, albergado, foi preso no Bairro Liberdade.
O motivo, segundo a PC, foi tráfico de drogas.
No final da tarde de 02 de janeiro Avanice foi morta dentro de casa na Rua Edésio Silva, no Bairro Liberdade, na frente da neta e de duas filhas com síndrome de Down.
O crime foi praticado por dois homens que chegaram de capacetes numa moto.
Um entrou na residência, foi até onde estava Avanice Gomes dos Santos, de 49 anos, e efetuou vários disparos na cabeça, pescoço e peito.
Familiares ainda a socorreram para o Trauma, mas ela não resistiu.
No ano passado a mulher foi presa suspeita de envolvimento com tráfico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário