Menu

terça-feira, 21 de julho de 2015

AGENTE SOCIOEDUCATIVO PASSA TERROR NAS MÃOS DE BANDIDOS EM CAMPINA GRANDE

Quatro bandidos armados com pistolas em duas motos de cor preta interceptaram um carro onde estava um agente socioeducativo do Lar do Garoto.
Os ladrões o retiraram do veículo, o arrastaram e o espancaram durante alguns minutos.
Foram socos e pontapés.
Os chutes atingiram o tornozelo e ele rompeu o tendão.
Com as armas apontadas para a cabeça e sob ameaça de morte, o agente nada pode fazer.
A violência foi tanta que ele acabou hospitalizado e se submeteu a uma intervenção cirúrgica.
Tudo aconteceu domingo (19/07), às 21h20, na Rua Três Irmãs, no Presidente Médici, em Campina Grande.
Os bandidos vasculharam o carro procurando arma.
“Eles implantaram o terror. Não me mataram graças ao livramento de DEUS”, contou ele ao renatodiniz.com.
Um dos agressores queria matá-lo, mas os outros disseram não deixaram.
Provavelmente o reconheceram.
“Num mata essa miséria não. Deixa ele vivo para ir contar a conversa para a corja dele”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário