Menu

terça-feira, 27 de outubro de 2015

DEIXARAM ATÉ DINHEIRO NA “GAVETA”: LADRÕES EXPLODEM BRADESCO E ARROMBAM CORREIOS EM NATUBA

Pelo menos entre sete e dez homens participaram da explosão ao caixa eletrônico do Posto Avançado do Bradesco e arrombamento da agência dos Correios em Natuba no agreste do estado, na divisa com  Pernambuco, por volta das 20h30 desta terça-feira (27/10).
Moradores relataram a polícia que os ladrões estavam em uma picape e em duas motos.
Os alvos ficam na Rua João Pessoa, a principal da cidade.
Os valores furtados, não foram divulgados.   
      
Foi uma ação simultânea.
Enquanto parte do bando agia nos Correios, a outra agia no Bradesco.
Nos Correios eles arrombaram a porta com um pé de cabra e arrombaram o cofre com um maçarico.
No Posto do Bradesco, eles usaram explosivos na medida certa, tanto é que só o terminal eletrônico e a porta de entrada foram afetados.
Nem todo dinheiro que havia no caixa foi levado.
Uma parte ficou presa numa das gavetas.
O cinegrafista Gustavo Leite da TV Borborema /SBT registrou as imagens.
“Havia muitas cédulas de 20 e 10 reais. Eles deixaram uma gaveta quase intacta, quase cheia”.
A gerência não confirmou o montante deixado, mas especula-se em torno de "20 mil reais".
Foi o quarto ataque desse tipo ao Posto Avançado do Bradesco em Natuba que havia sido abastecido na tarde anterior.
Para muitos foi uma ação de profissionais numa que não tem efetivo da polícia militar, disseram os moradores.
As investigações do arrombamento ao cofre da agência dos Correios vão ficar por conta da polícia federal que terá certa dificuldade, pois  os ladrões danificam o equipamento que tinha as imagens captadas pelas câmeras de segurança.
Já o no caso do Bradesco, o crime será investigado pela polícia civil.
Quanto aos bandidos, fugiram atirando em vários prédios comerciais da cidade e seguiram para o estado de Pernambuco por uma estrada de terra.
O destino, segundo testemunhas, pode ter sido as cidades de Orobó e Bom Jardim.
Na semana passada em Boa Vista, na região de Campina, houve uma ação semelhante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário