Menu

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

PC ESCLARECE DOIS HOMICÍDIOS NA ZONA LESTE EM CAMPINA GRANDE; ACUSADOS JÁ ESTÃO PRESOS

(Aluska Camila)
Jonathan de Oliveira Sousa Pontes, o “pão”, teve uma Prisão Temporária decretada em seu desfavor.
Jonathan é acusado da morte de Maxwell Vieira da Silva, assassinado a tiros no dia 04 de junho/2015 no Bairro Monte Castelo.
Outra Temporária foi em desfavor de Edilson Arantes da Silva Júnior.
Edilson é acusado da morte de Aluska Camila Pereira Silva.
A adolescente foi assassinada a tiros no dia 27 de setembro, também em Monte Castelo.
Tanto Jonathan, quanto Edilson já se encontram reclusos no Presídio Padrão em Campina Grande por outros crimes.
As prisões foram representadas pelo delegado Antônio Lopes e expedidas pelo 1º Tribunal do Júri.
OS CRIMES
(Maxwell)
*Maxwell Vieira Silva do Nascimento, de 21 anos, foi morto com vários disparos de revólver no final da tarde de uma quinta-feira, 04 de junho, na Rua Joana D’Arc, no Bairro Monte Castelo.
Na época, o rapaz saiu da prisão havia dois meses, de acordo com a polícia.
“Max” foi atingido nas nádegas costas, tórax e braço.
*Aluska Camila Pereira da Silva, 17 anos, foi assassinada a tiros na tarde do domingo, 27 de setembro, por volta das 14h50, na Rua Gonçalves Dias, Monte Castelo.
A garota foi morta com seis disparos na cabeça e um na mão (quando tentou colocar a mão na frente da arma).
Provavelmente ela teria tentado correr.
Aluska namorou o adolescente Gustavo Victor Félix Ramos, 17 anos, assassinado com vários tiros de revólver na noite do domingo, 06 de setembro na Rua Chile, também no Monte Castelo.
(Com informações da Delegacis de Homicídios/CG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário