sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

PMCG MONTA FORÇA-TAREFA PARA FISCALIZAR LISTA DOS SORTEADOS DO ALUÍZIO CAMPOS

A Prefeitura Municipal de Campina Grande, de posse da lista gerada pelo sorteio das unidades habitacionais do Complexo Aluízio Campos, realizado nessa quarta-feira (31/01) decidiu montar uma força-tarefa para efetuar uma ampla fiscalização e identificar possíveis situações irregulares entre os contemplados, que podem até resultar na exclusão da relação que está sendo encaminhada nesta quinta-feira (1º/02) ao Banco do Brasil – instituição financiadora do conjunto.

De acordo com o secretário André Agra, do Planejamento, Gestão e Transparência de Campina Grande, uma auditoria para averiguar se existem registros no cadastro do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) nos nomes dos selecionados já está sendo realizada no âmbito da Prefeitura.
Alguns casos já foram identificados e serão compartilhados automaticamente com o Ministério Público Federal (MPF).
A força-tarefa montada pela Seplan conta com o apoio de servidores da Secretaria de Finanças, da Procuradoria Geral do Município e outros órgãos da Prefeitura.
André Agra explicou que, caso seja constatado que a pessoa selecionada já possui casa própria, ela será eliminada da lista, abrindo vaga para os inscritos que estão no Cadastro de Reserva, na situação de lista de espera.
Isso porque o programa Minha Casa, Minha Vida é voltado para quem nunca teve casa própria e realmente precisa”, explicou.
O secretário observou que a lista foi encaminhada ainda na quarta-feira ao Banco do Brasil para levantamento de dados junto ao sistema geral do programa Minha Casa, Minha Vida e outros tipos de financiamentos de imóveis, fato condicionante para a permanência ou não na lista de selecionados.
(Codecom)

6 comentários:

  1. Tem gente aqui onde eu moro,que ja tem casa e foi sorteado.Tem que fiscalizar direitinho.

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo tem que ter uma fiscalização rigorosa. Por que tem coisa errada aí. Minha mãe é idosa paga aluguel. e escrita nesse programa e a anos espera por essas casas.

    ResponderExcluir
  3. É moda agora tudo é montar uma força-tarefa agora me digam uma coisa isso era pra ser fiscalizado antes de fazer o sorteio e nao incluir nele pessoas q possuissem imóveis em seus nomes ai o secretário dizer q o processo é totalmente transparente???? Paciência! !!!!

    ResponderExcluir
  4. Esse programa nem era pra existir,so facilitar o financioamento de imoveis para pessoas de baixa renda,os pobres hoje em dia e passando fome e com um celular de ponta na mão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é por que tem diferença entre o valor de um celular e de uma casa.✌️✌️✌️✌️

      Excluir