sexta-feira, 31 de agosto de 2018

PM PRENDE ASSALTANTES ACUSADOS DE MATAR SARGENTO NO CORPO DE BOMBEIROS EM JP

(Jonas, Nathan e Thiago)
*Preso do regime semiaberto, que prestava serviços na Unidade, “passou a fita”;
*Ele encomendou a arma que seria vendida e o dinheiro seria rateado;
*Trio foi preso numa operação que envolveu toda PM na capital

A polícia militar em João Pessoa prendeu na noite desta quinta-feira (30/08) todos envolvidos na morte do sargento Josélio do Corpo de Bombeiros em João Pessoa.

O crime de latrocínio aconteceu na guarita da Unidade no Bairro Mangabeira, no final da manhã.
A pistola foi roubada.

Foram presos três envolvidos (o autor dos disparos, o comparsa que estava na moto e um preso do regime semiaberto).
O assassino foi o assaltante Jonas Ribeiro Sobrinho, de 20 anos.
Já Nathan Afonso de Carvalho, de 18, conduzia a moto.

Ele foi o primeiro a ser preso e abriu “o jogo”.
O terceiro envolvido foi Thiago Ribeiro da Cunha, que cumpre pena no regime semiaberto e prestava serviço no Corpo de Bombeiros da capital.
Ele, de acordo com Jonas Ribeiro, passou todos os detalhes (“passou a fita”).
Thiago teria encomendado a arma e todos os envolvidos sairiam “levando algum dinheiro”.
O LATROCÍNIO

Por volta das 11h00 desta quinta-feira um sargento do Corpo de Bombeiros de João Pessoa foi assassinado com dois tiros de revólver na cabeça.
O crime ocorreu na guarita do quartel localizado no Bairro Mangabeira.

Dois ladrões chegaram numa moto, um deles desceu do veículo, entrou no quartel e se dirigiu até a guarita.
Lá ele anunciou o assalto, o BM reagiu, o bandido saiu, depois voltou, atirou na cabeça da vítima que caiu já fora da guarita e teve arma tomada.
Um celular também foi levado.

O assaltante subiu na moto onde estava o comparsa.

O sargento Josélio de Souza Leite tinha 52 anos de idade.

10 comentários:

  1. Parabens a nossa briosa e guerreira PMP, pela rapida resposta. O que precisa mudar e o codigo penal, estes assasinos deveriam ficar 30 anos presos, semi aberto so depois de 25 anos. O meliante so respeita o que ele teme! Justiça! De parabens a nossa PM.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Realmente um absurdo, saber que os maginais serao sustentados pela sociedade que paga impostos, com alimentaçao, segurança, atendimento medico e dependendo do caso auxilio reclusao. Em media um delinquente preso custa R$ 1800,00 por mes a naçao, um fardo. E a familia do BM? Como ficam? Esta tudo errado! So um cara com Moral e etica pra mudar o Brasil como Bolsonaro, com coragem! O povo nao aguenta tantas regalias para estes deliquentes! Chega! Cansamos desta imoralidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mostra um momento que teu candidato bandido defende a mudança no código penal. Se mudar esse código caduco teu bandido/candidato é pego,por isso que ele não falar em mudar o CP, para colocar o que ele tanto braveja.

      Excluir
  4. Que povo burro gente esse bossonario não vai resolver nada ele é um burro deixem de ser alienados.e você que esse.bossolixo nao gosta de nordestino .agora ele quer mudar o discurso pra ganhar o voto dos bestas si não for lula vou de addad e pronto

    ResponderExcluir
  5. Parabéns o caralho, vão comer e dormir de graça, era pra ter quebrado os quatro, já mandava logo um recado pra vagabundagem

    ResponderExcluir
  6. Quem defende bandido, assassino, estuprador, parasita da sociedade, nao merece minha resposta! Foram 13 anos desta politica ridicula, por isso hoje o cidadao de bem e refem da bandidagem! #Bolsonaro17. E bom JAIR se acostumando. Kkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir