quinta-feira, 23 de agosto de 2018

VINGANÇA: SUSPEITO DE ESTUPRO É MORTO PELA VÍTIMA

*Mulher confessou o crime e disse que não estava arrependida;
*Ele era cunhado dela;
*Homem quase teve o pênis decepado;
*Ele, foragido da justiça, foi morto com tiros de “12” e dezenas de golpes de faca.

(Josenildo Rodrigues)
Por volta das 23h00 desta quarta-feira (22/08) um homem de 37 anos foi morto com dois tiros de espingarda caseira calibre “12” e muitos golpes de faca.
Ele teria sido alvo de vingança por ser suspeito de estuprar a cunhada de 24 anos.
Ela e mais dois amigos resolveram vingar o estupro.
O homem morto, Josenildo Rodrigues da Silva, tinha um Mandado de Prisão “em aberto”.
Os autores são uma mulher e dois homens (de 19 e 22 anos).
A Polícia militar realizou as prisões.
O caso ocorreu no sítio “Salgadinho”, em Campina Grande.
A PM realiza rondas na tentativa de localizar e prender acusados roubo quando se deparou com três pessoas sendo que uma delas portava uma faca e outra uma arma longa.
Durante a abordagem os policiais perceberam que a faca estava suja de sangue.
As três pessoas abordadas ficaram caladas, mas os PMs realizaram varredura e encontraram uma casa com a porta arrombada e dentro do imóvel havia um homem morto.

Na Central de Polícia, informações obtidas pelo www.renatodiniz.com, dão conta de que a mulher (que mora no Major Veneziano) confessou que matou o homem na companhia dos amigos, pois oito dias atrás ela teria sido estuprada por ele.

Ela afirmou ainda que tentou realmente arrancar o pênis do homem quando ele ainda estava vivo.
A mulher disse também que não estava arrependida e estava de “alma lavada”.
Os amigos dela que a ajudaram na execução do crime são: Welton Conceição Andrade, "Welton pintinho", suspeito de vários homicídios e outros crimes, e Edson Eduardo da Conceição Silva.
(Por www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário