segunda-feira, 3 de setembro de 2018

ACUSADOS DE ASSALTAR O MAXX ATACADO SÃO PRESOS EM FLAGRANTE


A Polícia Militar capturou seis acusados de assaltar o Maxx Atacado na Avenida Floriano Peixoto, no Bairro Dinamérica, em Campina Grande, na tarde desta segunda-feira (03/09).

Cinco são adultos e um é adolescente.
Em comunicado o comandante do 2ºBPM, tenente-coronel Cristóvão Lucas informou que “o crime teve a participação de um foragido do regime semiaberto, que morava por trás do estabelecimento e possivelmente vinha planejando o roubo”.
O comandante afirmou também que “o plano do grupo criminoso foi frustrado pela PM depois que equipes do 2ºBatalhão e de Operações de Especiais (Bope) cercaram a rota de fuga usada pelo bando, que foi o bairro de Bodocongó, conforme informações do tenente Francisco de Assis”.
Com eles foram recuperados os celulares dos clientes, o dinheiro roubado, dois carros usados no crime e as duas armas utilizadas.
Quatro deles chegaram ao estabelecimento em um carro prata, com placas de Pernambuco, mas adulteradas. Três deles entraram, anunciaram o assalto e roubaram dois caixas e celulares de clientes, deixando três funcionários da diretoria do estabelecimento trancados em uma sala. Rapidamente montamos um cerco na cidade e conseguimos interceptar, no bairro do Bodocongó, os quatro que participaram diretamente do roubo e os outros dois que estavam dando apoio. O grupo já estava em outro carro, de cor vermelha, e tinham trocado de roupas na tentativa de não serem reconhecidos”, disse o comandante.
Segundo a polícia militar, um dos presos, de 37 anos, além de ser foragido do sistema prisional, estava com dois mandados de prisão em aberto por latrocínio, porte ilegal de arma e formação de quadrilha (crimes praticado entre os anos de 2014 e 2017).
Outros três integrantes do grupo, de 33, 22 e 21 anos, eram presidiários do semiaberto, por crimes de roubo e tráfico de drogas.
O quinto integrante tinha 20 anos, com passagem pela polícia também por roubo.
O sexto detido foi um adolescente de 17 anos.
Todos eles foram levados para a Central de Polícia Civil, onde foram autuados por roubo e serão investigados por outros assaltos nas cidades de Campina Grande e Lagoa Seca.
Os presos são: Anderson Leonardo Vieira, Leonardo Costa Celestino, Jonathan Ferreira, Jeferson da Silva e Mateus Oliveira.
(Redação com PM/PB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário