quarta-feira, 10 de outubro de 2018

FUNCIONÁRIOS DA CAGEPA INALAM GÁS TÓXICO DURANTE MANUTENÇÃO DE ESGOTO

Dois funcionários da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa) ficaram presos em uma das tubulações durante uma manutenção e encaminhados para o Hospital de Trauma inconscientes, em decorrência da inalação de gás tóxico do esgoto.

O acidente aconteceu nas imediações da Embrapa, no Bairro Centenário, em Campina Grande, na manhã desta terça-feira (09/10).
O estado de saúde das vítimas é grave.
A capitã Desiree Santos, do Corpo de Bombeiros, explicou que três carros da unidade foram enviados para o local para prestar os primeiros socorros. Ela explicou que um dos funcionários desceu na tubulação, que tem cerca de 4 a 5 metros de profundidade, e o outro ficou dando apoio, mas ao perceber que o serviço estava demorado, desceu para verificar e também ficou preso.
Corpo de Bombeiros e Samu foram para o local e constataram que as vítimas tiveram hipóxia, diminuição de oxigênio, e inalaram gases tóxicos em decorrência do mau cheiro do esgoto.
O diretor da Cagepa, Ronaldo Menezes, informou que está sendo prestado todo o serviço de atendimento às vítimas.
Ele ressaltou que o acidente vai ser investigado para identificar o que houve e fazer uma avaliação técnica, pois há equipamentos para o procedimento e de segurança para esse tipo de serviço.
(Do OP9)

Nenhum comentário:

Postar um comentário