quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

FOI COBRAR DÍVIDA E ACABOU ESFAQUEADO POR FILHO DO EX-PATRÃO

Alexandre Gomes de Lima de 22 anos de idade foi alvo de uma tentativa de homicídio na noite da segunda-feira (18/02).
Ele teve a casa invadida e foi esfaqueado por encapuzados.

Foram cerca de dez golpes.
Ele está internado no Hospital de Trauma e não corre risco de morte.
O crime aconteceu no Bairro CONPEL, considerado violento em Pocinhos.
Segundo ele, os acusados queriam dinheiro do tio dele que fez um empréstimo recente.
O delegado Lamartine Lacerda é o responsável pela delegacia de Pocinhos.
Ele está a cerca de um ano na cidade.
O policial afirmou que não existe consistência nas afirmações de Alexandre Gomes sobre a tentativa de latrocínio que diz ter sofrido.
O delegado tem outra linha de investigação.
O bairro CONPEL fica um pouco afastado do centro de Pocinhos é de fato um local onde, segundo a polícia estão instaladas facções criminosas ligadas ao tráfico e roubo.
Lamartine Lacerda afirmou que ações por parte da polícia (PC/PM) têm sido feitas no bairro.
Já em Remígio o trabalhador Silvestre Carlos, de 26 anos de idade, foi alvo de uma facada no abdome quando cobrava uma dívida ao ex-patrão.
O acusado, que não foi preso, é o filho do ex-patrão.
Também em Remígio, na zona rural, uma confusão familiar terminou com dois irmãos feridos com golpes de arma branca.
Um deles, que “toma remédio controlado”, tentou matar o pai.
O outro irmão interviu e foi agredido.
Os dois terminaram feridos.
E em Campina Grande a “guardadora de carros” Ednalva Cruz, de 46 anos, foi espancada por homem que lhe tomou “40 reais”, o apurado do dia.
A mulher sofreu escoriações por todo o corpo.
(Por www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário