quinta-feira, 22 de agosto de 2019

DESARTICULADA QUADRILHA QUE PLANEJAVA MATAR DELEGADO E OFICIAIS DA PM NA PARAÍBA


Uma operação integrada da Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiros Militar, denominada “Conexão”, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (22/08) nas regiões do sertão e cariri paraibanos e culminou com a desarticulação de uma quadrilha que planejava matar um delegado e dois oficiais da Polícia Militar da Paraíba.

Segundo os delegados Cristiano Santana e Cristiano Jacques, das regiões de Monteiro e Princesa Isabel, respectivamente, até agora foram presos 25 envolvidos em crimes de pistolagem, assalto a bancos e tráfico de drogas, entre eles dois policiais militares que faziam parte da quadrilha: Cláudio Chaves Correia, conhecido por “Chapinha” (cabo PM) lotado em Manaíra e Cícero Roserval Rodrigues Leite (sargento PM) lotado em São Bento.
A organização criminosa é suspeita de praticar os roubos às Agências do Bradesco e Correios de Água Branca e dos Posto de Atendimento do Bradesco de Imaculada. O grupo planejava a morte de dois oficiais da Polícia Militar e um Delegado da Polícia Civil, tendo em vista estarem trabalhando nas investigações”, revelou o delegado Cristiano Jacques.
A quadrilha, que tinha como “quartel general” o sítio “Gavião”, no município de Juru, no Sertão, praticava homicídios por pistolagem ou por disputa de área de tráfico de drogas.
São suspeitos de estarem envolvidas nas mortes de Antônio Burgo de Campos, executado no município de Tavares; Dimas da Silva Ramos, morto em Juru; e Josué Bernardo de Oliveira, conhecido por “Josué”, em Água Branca.
A operação aconteceu nos municípios de Imaculada, Jurú, Água Branca, Tavares, Catolé do Rocha, Patos, e Sumé, na Paraíba, além de Sorocaba, em São Paulo.
A droga comercializada pela associação criminosa vinha do município de Sumé, onde ocorreram outras prisões.
(Do Parlamento PB – www.parlamentopb.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário