quinta-feira, 29 de agosto de 2019

PRIVATIZAÇÃO DO SANEAMENTO: DISCUSSÕES ACONTECEM EM BRASÍLIA

De Brasília, o presidente do Sindicato dos Urbanitários da Paraíba – Stiupb, Wilton Maia Velez, informou que em sessão deliberativa da Comissão que analisa o Projeto de Lei de Saneamento, foi aprovado, por meio de requerimento, um calendário de visitas aos municípios que tiveram a experiência da privatização dos serviços de água e saneamento no país.
Vamos conhecer na prática a difícil realidade de municípios como Manaus (AM), Palmas (TO), Uruguaiana (RS), além de visitar Cuiabá (MT), por sugestão do plenário da Comissão”, destacou o presidente.
Conforme Wilton Maia, Manaus foi a primeira capital a privatizar a água e mesmo banhada por dois dos maiores rios do mundo, cobra tarifas caríssimas e 90% da população não tem acesso ao tratamento de esgoto. 
Na mesma sessão foi aprovado requerimento que requer a realização de Audiência Pública no Estado de Pernambuco, para debater o Projeto.
Ainda nesta quarta-feira (28/08) o presidente do Stiupb participou de Audiência Pública do novo marco Regulatório do Saneamento Básico, no Conselho Federal da OAB.
Texto base
O relator da comissão especial, deputado Geninho Zuliani (DEM-SP), pretende concluir o cronograma de audiências públicas e o relatório final no prazo de 10 sessões, a fim de que o texto seja levado à votação do Plenário da Câmara na segunda quinzena de outubro.
Ele informou que, das nove propostas que tramitam em conjunto, a base será o texto (PL 3261/19) que o senador Tasso Jereissati preparou como relatório para uma medida provisória (MP 868/18) que perdeu a eficácia em junho desse ano.
(Por www.renatodiniz.com com assessoria Stiupb)

3 comentários:

  1. A cagepa é pior e que os correios,já era pra ter saído há tempos,o usuário pagar 10 mts de água (70 paus)usando ou não é um roubo.

    ResponderExcluir
  2. e mesmo meu amigo. no meu caso eu gasto 4 ou 5 mts de água por mês e pago como se eu tivesse usado 10mts.ainda eles falam em racionamento como pode isso se é pra pagar e melhor usar os 10mts.

    ResponderExcluir
  3. Basta ir aqui pertinho em Santa Cruz do Capibaribe/Pe, onde um carro pipa de de 10 mil litros custa R$ 200,00. Para os sem noção descobrir a bença que é a Cagepa. Que tem água de boa qualidade e ainda trata o esgoto.O ideal seria sim acabar com os altos salarios dos figurões da Cagepa e poder reduzir as tarifas.

    ResponderExcluir