terça-feira, 9 de junho de 2020

SUSPEITA DE MATAR O BEBÊ FICA “PRESA” EM CASA

Uma mulher de 24 anos que teve um bebê em parto normal dentro da casa onde mora no Bairro Presidente Médici, em Campina Grande, está sendo acusada de infanticídio.

Na sexta-feira (05/06) o bebê foi encontrado pela avó dentro de uma caixa de papelão.
O caso chegou aí conhecimento do SAMU que por sua vez acionou a policia militar.
A mãe foi conduzida a Maternidade Elpídio de Almeida para procedimentos pós-parto, pois apresentava sangramento.
Conforme informações da mãe da mulher que teve o bebê, a filha tentou esconder a gravidez.
O caso foi parar na delegacia de Homicídios, após ser constatado que houve crime.
Na manhã do domingo (07) ela foi conduzida à delegacia, mas se manteve em silêncio.
A jovem foi informada que ficaria presa, no entanto, à tarde, a justiça determinou prisão domiciliar em caráter provisório.
(Por www.renatodiniz.com)

3 comentários:

  1. GERAR FILHO PRÁ DEUS NÃO É PECADO
    PECADO É MATAR DEPOIS QUE GERA

    ResponderExcluir
  2. GLOSA: VALDEIR MORAIS

    O NAMORO COMEÇA NUM OLHAR
    OS OLHARES TRANSMITEM SEDUÇÕES
    O CONTATO COMPLETA AS EMOÇÕES
    LOGO, LOGO COMEÇAM A NAMORAR
    EM POUCO TEMPO JÁ COMEÇAM A FICAR
    SEM TEMER A GRAVIDEZ QUE JÁ ESPERA
    QUANDO SENTE OS SINTOMAS VIRA FERA
    DE REPENTE O SEU FILHO TÁ GERADO
    GERAR FILHO PRÁ DEUS NÃO É PECADO
    PECADO É MATAR DEPOIS QUE GERA

    ResponderExcluir
  3. ETA, BRASILSÃO BOM PARA QUEM NÃO PRESTA. FICA EM CASA COMO SE NADA TIVESSE FEITO. MALDITA !!!!

    ResponderExcluir