sábado, 25 de julho de 2020

ASSALTO, PERSEGUIÇÃO, TIROTEIO E QUATRO PRISÕES EM CAMPINA NA MANHÃ DESTE SÁBADO

Policiais da 4ªCompanhia do 2ªBatalhão não tiveram outra alternativa a não ser responder com “fogo” a ação de cinco acusados de assaltos que atiraram contra a guarnição na manhã deste sábado (25/07) no Bairro Mutirão em Campina Grande.
No confronto três acusados acabaram feridos a tiros e foram socorridos para o Hospital de Trauma.
Nenhum policial militar se feriu.
COMO COMEÇOU
As guarnições “copiaram” informação do Centro Integrado de Operações da Polícia Militar dando conta de que cinco ladrões num carro (Celta de cor azul) tomaram por assalto, numa interceptação, na comunidade “Alvinho”, em Lagoa Seca, outro carro (um táxi Voyage de cor branca).
O QUE O BANDO FEZ
De posse desse outro carro tomado, os assaltantes saíram agindo na comunidade onde fizeram uma série de vítimas.
Quem passava na estrada era alvo.
O bando também se dirigiu ao sítio “Carrasco”, em Esperança, e invadiu uma residência.
Nesta casa realizou um verdadeiro arrastão levando objetos e dinheiro.
O “ENCONTRO” E CONFRONTO COM A PM

A guarnição da 4ªCompanhia  trafegava na Alça Sudoeste, sentido Posto Lagoão,  quando cruzou com um veículo suspeito que vinha  no sentido contrário.
O carro se dirigiu ao  Bairro do Mutirão e a polícia atrás.
A sirene e giroflex foram acionados, porém, os ocupantes do Voyage não tomaram conhecimento, aumentaram a velocidade do carro e a polícia atrás.
No Mutirão, na Rua Luan Souza Silva, o condutor do carro em fuga perdeu o controle da direção e bateu com o veículo no muro de uma residência.
Dois ocupantes desceram do Voyage e começaram a atirar contra os policiais.
No tiroteio os PMs feriram três.
Os outros dois ocupantes fugiram, mas um deles logo foi capturado com apoio de outras guarnições.
A PM APREENDEU...
Foram apreendidas quatro armas (uma pistola calibre “45”, dois revólveres calibres “38” e uma espingarda calibre “16”) e munições, além disso, foram recuperados quatro celulares, dinheiro e um relógio, assim como o carro roubado.
O Voyage tinha sido tomado de um taxista que mora no sítio “Araticum”, em Lagoa Seca.
NO HOSPITAL DE TRAUMA
Apenas um dos três feridos ficou internado no Hospital de Trauma, os demais foram encaminhados para a Central de Polícia.
MANDADOS DE PRISÃO
Contra dois presos, os policiais investigadores da Delegacia de Homicídios  apresentaram Mandados de Prisão Preventiva por conta de um homicídio  ocorrido no Bairro do Mutirão meses atrás.
OS PRESOS
Raniely de Oliveira, 23 anos (havia Mandado de Prisão por homicídio); Roniere dos Santos Barbosa, 30 anos (também havia Mandado de Prisão por homicídio); Luciano da Silva, de 19 anos.
Os três moram no Mutirão.
O quarto preso foi Petrônio Duarte Alexandre, 25 anos, morador do sítio “São Tomé”, em Esperança.
OS CRIMES...
Os crimes são de assalto a mão armada, formação de quadrilha, porte Ilegal e resistência a prisão.
(Por www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário