sexta-feira, 17 de julho de 2020

CAIXA DEVE PRORROGAR SUSPENSÃO DE PRESTAÇÕES DA CASA PRÓPRIA POR ATÉ 6 MESES

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse que o banco vai ampliar o prazo de pausa no pagamento das prestações dos financiamentos habitacionais.
Por conta da pandemia e da crise econômica desencadeada, já era possível adiar por 120 dias, mas a tendência é que a suspensão passe a valer por seis meses.
Segundo ele, a decisão de aumentar o prazo de suspensão dos pagamentos já foi tomada e aprovada internamente.
Mas o anúncio oficial ainda depende de uma conversa com o presidente Jair Bolsonaro, embora, segundo o próprio, a etapa não seja necessária.
A medida foi anunciada em março por um prazo 60 dias e posteriormente ampliada, por causa dos efeitos da pandemia de Covid-19 na economia.
Segundo a Caixa, 2,4 milhões de famílias pediram a suspensão no pagamento das prestações, considerando contratos com recursos do FGTS e da poupança.
No caso do FGTS, a medida abrange beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida, com renda acima de R$ 1,8 mil.
A linha de crédito com recursos da poupança é para a classe média.
(R7)

Nenhum comentário:

Postar um comentário