segunda-feira, 27 de julho de 2020

MORRE NO TRAUMA ENVOLVIDO EM CONFRONTO COM A PM

Um dos envolvidos num tiroteio com a polícia militar na manhã do sábado (25/07), no Bairro Mutirão, em Campina Grande, morreu na manhã do domingo (26), às 05h30, no Hospital de Trauma.
Trata-se de Raniely de Oliveira, que tinha 23 anos de idade.
Ele estava internado no Hospital de Trauma.
No sábado, juntamente com mais quatro suspeitos, ele teria participado de uma série de assaltos no “Alvinho”, em Lagoa Seca, e no sítio “Carrasco”, em Esperança.
Na volta à Campina Grande, num táxi que foi tomado por assalto, no “Alvinho”, o grupo foi para o Bairro Mutirão e uma guarnição da PM tentou abordagem, porém foi recebida a bala.
No confronto três ocupantes do carro foram baleados.
Contra Raniely havia um Mandado de Prisão por suspeita de homicídio.
(Por www.renatodiniz.com)

2 comentários:

  1. Ô, COISA BOA !!!! CPF CANCELADO !!!! MAIS UM PARA SENTAR NO COLO DO CAPETA. PENA QUE FOI SÓ UM !!!!

    ResponderExcluir
  2. CPF,cancelado kkk...deveria ser assim mesmo quando chegar no hospital ferido morrer por lá, não presta mesmo pra nada

    ResponderExcluir