terça-feira, 23 de janeiro de 2018

CABO DA POLÍCIA MILITAR É SEQUESTRADO NO LITORAL E TRAZIDO PARA CAMPINA; LOJA DE RAÇÃO É ASSALTADA

(Atualizado)
Um cabo da polícia militar compareceu a Base da PM no Bairro Pedregal na tarde desta segunda (23/01) e informou que foi sequestrado em Lucena, no Litoral paraibano, e deixado no justamente no Bairro em Campina Grande.
Os ladrões o colocaram no porta-malas do próprio carro e o trouxeram.
O policial conseguiu abrir, sair de onde estava e procurou socorro.
Ele foi atendido no Hospital de Trauma e seguida na DISP.
COMO FOI, SEGUNDO A PM
O cabo, de 37 anos de idade, contou se dirigia para casa quando foi abordado por um homem armado com um revólver.
Surgiram mais homens, mulheres e o forçaram a entrar no porta-malas.
Ele foi agredido com socos.
Já em Campina Grande conseguiu abrir o porta-malas e pulou do carro em movimento.
Isto ocorreu já no Bairro Pedregal.
O PM localizou a UPS, contou o ocorrido e como estava sentindo dores no abdome, foi levado para o Trauma.
Depois ele registrou o caso na DISP.
Dele os ladrões roubaram além do veículo Gran Siena de cor preta (placa OGE 4319), uma aliança, munições de pistola “.40”, um carregador, um celular e dois cartões de crédito.
O policial é lotado no 5ºBPM.
A ocorrência foi registrada no CIOP por volta das 18h30.
O Fiat Sienna foi recuperado na tarde desta terça (23) no Conjunto Ronaldo Cunha Lima/Três Irmãs, nas proximidades de uma Unidade de Saúde.
COMO FOI, SEGUNDO O PM
Estava em Costinha/Lucena transitando no carro quando um homem magro, moreno, com tatuagem num dos braços, cabelo “oxigenado”, se aproximou e ordenou suje ele parasse.
Apareceu outro homem.
O PM foi “encapuzado” e levado para o interior de uma casa.
Apareceu um terceiro assaltante.
Ainda no litoral o trio verificou que no porta-malas havia um cinto do PM com munições de “.40”.
A partir dai o policial começou a ser espancado com chutes e coronhadas.
A todo o tempo os assaltantes pediam uma pistola.
Duas mulheres apareceram.
O cabo foi colocado no porta-malas do veículo.
Ele teve os pés e mão amarrados com corda e durante todo o trajeto para Campina permaneceu encapuzado.
A  vítima acrescentou que conseguiu se desamarrar, abrir o porta-malas e pular.
LOJA DE RAÇÃO ASSALTADA
Às 17h00 uma loja de ração foi alvo de um assalto.
O crime aconteceu na Avenida Almeida Barreto, no Bairro São José.
Três ladrões em um veículo Celta de cor prata praticaram o roubo.
Foral levados celulares, notebooks e uma bolsa com dinheiro.

Um comentário:

  1. este é o sinal que a segurança desse pais é um verdadeiro lixo,nem os policias escapa da bandidagem.

    ResponderExcluir