terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

ADOLESCENTE ACUSADO DE MATAR APOSENTADO EM CAMPINA DEVE IR PARA O LAR DO GAROTO

O adolescente de 16 anos de idade acusado de ser o autor do disparo que matou na noite de 20 de janeiro o aposentado José Belarmino Ricarte, de 69 anos, na Rua Fernandes Vieira, no Bairro José Pinheiro, em Campina Grande, negou totalmente que tivesse cometido o latrocínio.
O crime foi praticado por dois assaltantes.
A negativa foi durante depoimento dele ao delegado Cristiano Santana da Delegacia de Roubos e Furtos na manhã desta segunda-feira (05/02).
Embora tenha negado a autoria, o infrator não convenceu e nesta quarta (07) deve ser encaminhado para o Lar do Garoto em Lagoa Seca.
Na madrugada da segunda-feira ele e outro menor foram apreendidos pela PM durante uma investida no Bairro José Pinheiro.
Os dois estavam numa moto, tentaram fugir, mas de nada adiantou. 
Na oportunidade a polícia apreendeu uma pistola de airsolft e eles confessaram que iriam roubar "o primeiro carro que avistassem pela frente".
O CRIME
Na noite deste sábado (20/01) durante uma tentativa de assalto "seu Zezinho", como José Belarmino era conhecido, foi atingido com um disparo no abdome e morreu.
O latrocínio ocorreu por volta das 20h00.
A filha dele chegava em casa num carro quando houve a abordagem de dois bandidos para tomar o veículo.
"Seu Zezinho" foi ver do que se tratava e um dos bandidos atirou.
Ele foi socorrido por populares para um dos hospitais, mas não resistiu.
A dupla fugiu a pé sem nada levar.

2 comentários: