segunda-feira, 30 de abril de 2018

BAIANOS TENTAM FRAUDAR CONCURSO DA PM EM CAMPINA E ACABAM PRESOS; SETE CASOS FORAM REGISTRADOS NO ESTADO


Dois baianos de Feira de Santana foram presos pelo Serviço de Inteligência da PM tentando fraudar o concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros neste domingo (29/04) em Campina Grande.

O flagrante ocorreu na Central de Aulas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) no Bairro Bodocongó.
Um foi preso no estacionamento e outro dentro sala de aula.
O que estava na sala usou uma habilitação falsa (com a fotografia dele), mas o nome que constava no documento era do homem que ficou no estacionamento. 
Do lado de fora a polícia realizou abordagem numa pessoa bastante nervosa dentro de uma picape.
Este homem era o verdadeiro candidato.
Ao solicitar o documento, a PM fez uma sondagem na lista de candidatos e verificou que ele era para estar dentro do prédio fazendo  o concurso. 
A partir daí o Serviço de Inteligência constatou o crime e abortou a fraude.
O outro envolvido foi retirado da sala.
Os dois confessaram a fraude e vão responder por Falsidade Ideológica.
Eles teriam tentado subornar os policiais oferecendo cerca de "80 mil reais".
Um caso semelhante ocorreu em João Pessoa, no Bairro Tambiá.
No Sertão, em Patos, a PM registrou que dois candidatos estavam com celulares na cueca e outros três com receptores eletrônicos.
A polícia militar já vinha sondando os passos dos fraudadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário