sábado, 25 de agosto de 2018

ACUSADOS DE MATAR PARA “VINGAR” ESTUPRO ESTÃO NOS PRESÍDIOS

A jovem e os dois amigos que confessaram a morte de um foragido da justiça, acusado de estupro, já estão nos presídios Feminino e Provisório (“Máxima”) de Campina Grande.
Não houve liberação na Audiência de Custódia realizada na manhã desta sexta-feira (24/08) no Fórum Affonso Campos.
Familiares dos presos estiveram no local, mas não tiveram acesso para assistir a Audiencia.
Em contato com a reportagem da TV Borborema a mãe da jovem reafirmou a filha foi ameaçada várias vezes pelo cunhado (o acusado Josenildo Rodrigues da Silva).
"estupro ocorreu na semana passada quando minha filha deu abrigo a ele que era foragido da polícia. Eu sempre disse que não era para confiar nele”, disse a mãe.
Ela contou que ainda na Central de Polícia teve contato com a filha e “ela disse que fez aquilo, pois não estava aguentando ficar com aquilo guardado, aquela coisa ruim dentro dela”.
A jovem tem uma criança deficiente.
Quanto aos familiares de Welton Conceição Andrade e Edson Eduardo Conceição da Silva, a reportagem da TV Borborema conversou com a irmã de Welton que por sua vez deixou claro que desconhece qualquer envolvimento dele em homicídios na cidade.
Ele não tem profissão definida e tem três filhos menores.
(Por www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário