quarta-feira, 15 de agosto de 2018

MENTIU E ENGANOU: ADOLESCENTE NÃO FOI ESTUPRADA, DESCOBRE PC


*Adolescente de 17 anos sofre de depressão;
*“Não é momento para fazer julgamentos”, diz delegada;
*Garota chegou a descrever o "estupro" com mínimos detalhes
Um estupro rico em detalhes, mas completamente fantasioso e mentiroso.
Graças às imagens do circuito do ônibus, a PC descobriu que a adolescente de 17 anos, mentiu quando disse ter sido estuprada na noite da segunda-feira (13/08) no Bairro Bodocongó, no momento em que se dirigia para uma escola estadual.
Foi uma mentira rica em detalhes que só uma investigação bem sucedida poderia esclarecer tudo”, disse um agente de investigação.
Na tarde desta quarta-feira (15/08) a delegada de Crimes Contra a Infância e Juventude reuniu a imprensa para esclarecer tudo.
De acordo com Alba Tânia, a garota sofre de depressão e criou toda situação.
*As imagens cedidas pela empresa mostram que a ela desceu só e não havia ninguém ao lado dela, como a própria adolescente disse em depoimento;
*Os exames aos quais ela foi submetida deram negativo;
*Durante conversa com a delegada, e descoberta a farsa, a garota não quis mais “prosseguir” com o depoimento;
*A adolescente confirmou que rasgou as próprias roupas;
*A mãe da garota disse que a filha está em tratamento e não vai mais falar sobre o assunto.
No depoimento, na noite da segunda-feira, a menina chegou até a descrever um dos seus algozes e relata que ele “usou camisinha” enquanto ela “ficava na posição de quatro” para ser penetrada.
Descreveu, com maestria, que “pegou o ônibus na Olegário Maciel, no Monte Santo, às 19h00, e um homem sentou ao lado dela com uma faca”.
De posse dessa faca o homem a obrigou a descer do veículo na companhia de outro comparsa e que foi estuprada por 40 minutos.
As imagens do ônibus “prefixo 303” mostram que ela desce sozinha e em momento algum existe a presença de um estranho.
O “mais incrível de tudo” 'é que a menina chegou a ser medicada no ISEA e no dia seguinte (terça, 14) voltou à Maternidade dizendo que estava “vomitando” muito.
A tia dela, em contato com a TV Borborema, falou inclusive que a vítima estava em estado de choque.
A delegada Alba Tânia enfatizou que a garota vive uma situação delicada e que não é momento para julgamentos.
(Por www.renatodiniz.com)

7 comentários:

  1. Simplismente lamentável!!!
    Me parece que essa moça tem sérios problemas mentais realmente só isso justifica pra ela agir assim.
    DEIXO aqui minhas desculpas por ter me precipitado é detonado Ós dois caras que nem chegaram perto dela.
    É torcer que essa mina faça um trabalho psiquiátrico Ó quanto antes.
    Parabéns pra policia pelo exce trabalho nó desfecho desse falso estupro.

    ResponderExcluir
  2. Valeu briosa PC!!! Campina tem orgulho de vocês também. Queria um dia conhece-los. Que o grande arquiteto do universo sempre os abencoem e os protejam.

    ResponderExcluir
  3. Aí uma praga dessa resolve apontar alguém como autor, daqui que a verdade seja descoberta o cara já tá morto na cadeia

    ResponderExcluir
  4. isso que é vontade de levar pica kkkk

    ResponderExcluir
  5. vocês ja imaginou se dois pais de familia tivesse decidido no mesmo lugar q ela desceu, daqui que viesse provar o contrario e complicado viu

    ResponderExcluir
  6. E verdade eu não acho que está garota tenha problemas pois sabe inventar muito bem uma história dessa eu acho que ele está e como voltade de fazer sexo

    ResponderExcluir