quinta-feira, 27 de setembro de 2018

CLÍNICA É ALVO DE OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL. ENTENDA


*Tomógrafo que era para estar numa unidade, “de graça” para o povo, estava na clínica
*Prejuízo é de quase dois milhões de reais

"A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (27), a Operação RAIO X que teve como objetivo apurar a possível ocorrência de fraude contra o Ministério da Saúde.
Equipes da Polícia Federal cumpriram dois Mandados de Busca e Apreensão expedidos pela Justiça Federal de Campina Grande.
A operação teve por finalidade comprovar os indícios colhidos durante as investigações, indicando que um aparelho tomógrafo apresentado como de propriedade de uma fundação assistencial na área de saúde na verdade estaria instalado em uma clínica particular na cidade de Campina Grande.
Ainda durante as apurações conduzidas no bojo do inquérito instaurado pela Polícia Federal ficou constatado que a fraude teria causado prejuízos aos cofres públicos no montante de R$1.646.600,00.
O nome da operação faz alusão ao aparelho que teria sido adquirido mediante a fraude, um tomógrafo computadorizado, que pela emissão de Raio X consegue diagnosticar problemas de saúde".
(Nota da assessoria da PF)
A PF não informou qual a clínica onde o tomógrafo da FAP foi apreendido.

2 comentários:

  1. Isso e uma peste de larápios tem que limpar o nosso Brasil tá feio o país reconhecido como terra sem ordem como está na nossa bandeira como vaiter progresso.cadeia nos pequenos mais cadeia nos grandes também

    ResponderExcluir
  2. Tem que dizer qual o nome dessa clínica pra gente não passar nem na frente, mas como tem dinheiro...

    ResponderExcluir