terça-feira, 2 de outubro de 2018

MENTIRA: ADOLESCENTE DISSE QUE FOI ESTUPRADA PELO PAI. ENTENDA

A polícia civil descobriu que uma adolescente de 16 anos mentiu em depoimento ao dizer que tinha sido estuprada pelo pai.

O caso ocorreu em Esperança e graças às investigações tudo foi esclarecido.
O pai a proibiu de a garota ir a uma festa, ela não gostou e inventou tudo.
O delegado Kelsen Vasconcelos concedeu entrevista na Patrulha da Cidade/TV Borborema nesta terça-feira (02/10) explicando a situação.
Ele disse que tudo começou com uma denúncia anônima que chegou ao Conselho Tutelar da cidade.
Na delegacia nós ouvimos a menor. Durante depoimento ela contou uma história. Só que no desenrolar das diligências a história não se confirmou”.
Ainda de acordo com o delegado, segundo a denúncia ela teria sido abusada, “mas ouvindo a irmã, ouvindo os parentes e o próprio pai, a situação se deu de que o pai não a permitiu de que fosse a uma festa, mas ela foi (contrariando a determinação do pai). Na volta, temendo pelo castigo do pai, foi para a casa da tia e inventou a história”.
Vasconcelos enfatizou que “nestes casos de estupro a gente tem que ter muito cuidado: primeiro por que isto macula a honra e a conduta de uma pessoa que pode ser inocente. Então a gente pede a justiça laudos psicológicos quando não há provas materiais”.
Por fim o delegado informou que a adolescente tem problemas psicológicos, toma medicamentos controlados e está sendo acompanhada por um psicólogo.
(Por www.renatodiniz.com)

3 comentários:

  1. Parabéns à polícia, pelo preparo.

    ResponderExcluir
  2. MISERÁVEL, DESGRAÇADA. E SE ESTE HOMEM INOCENTE FOSSE PARA UMA CELA E LÁ SOFRESSE REPRESÁLIAS, SENDO TOTALMENTE INOCENTE ?
    QUE BOM QUE A VERDADE PREVALECEU EM TEMPO HÁBIL.
    QUANTO À ADOLESCENTE, FAZER O QUE ??????

    ResponderExcluir
  3. Eso e uma digracada queen era para I para cadeia era ela

    ResponderExcluir