sábado, 20 de outubro de 2018

MORRE NO TRAUMA ADOLESCENTE QUE SOFREU TIRO NA CABEÇA

*Garota foi usada como escudo humano;
*Ela era gêmea e completaria 15 anos em janeiro
Uma adolescente que estava internada desde o dia 09 de outubro no Hospital de Trauma em Campina Grande, vítima de um tiro na cabeça e outro na perna, morreu por volta das 04h15 desta sexta (19/10).
Maria Fernanda de Sousa tinha 14 anos e completaria 15 no mês de janeiro.
Ela era gêmea.
Por volta das 22h00 do dia 09, na Rua Florípedes Coutinho, no Bairro Bodocongó, ela estava na companhia de amigos quando um grupo se aproximou e atirou na direção de um “jovem” de 20.
Ele, assim como Fernanda, foi baleado, mas não corre risco de morte.
Os acusados fugiram para a Avenida Eduardo Magalhães ("canal" de Bodocongó).
Em entrevista que concedeu a Patrulha da Cidade/TV Borborema, nesta sexta, o pai da garota afirmou que soube que Fernanda tinha sido baleada através de uma ligação telefônica do filho.
Ele contou também que, segundo informações, o objetivo do grupo de criminosos era matar o rapaz que saiu baleado e ele, para fugir dos balaços, correu e ao passar pela adolescente fez ela de escudo.
Os a atingiram na cabeça por trás e na perna.
Fernanda era estudante, bastante inteligente, fazia curso de informática e telemarketing.
(Por www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário