domingo, 3 de março de 2019

EM LIBERDADE PAI E FILHO ACUSADOS DE TENTAR MATAR MOTOTAXISTA EM CAMPINA

Já estão em gozo de plena liberdade pai e filho acusados de tentar matar um mototaxista em Campina Grande.

Em informação obtida pelo www.renatodiniz.com, o alvará de soltura beneficiando Williams Arruda Sobrinho e o filho dele Weverton Guedes de Arruda foi determinado pelo 1º Tribunal do Júri da Comarca de Campina Grande e assinado pelo juiz Bartolomeu Correia Lima Filho, presidente do 1º Tribunal do Júri.
Eles foram postos em liberdade nesta sexta-feira (1º de março), por volta das 10h00.
Os dois estavam presos no Presidio Padrão Regional desde o dia em que se entregaram a polícia civil em 18 de janeiro.
A tentativa de homicídio contra o mototaxista José Tiago da Silva, de 30 anos ocorreu no dia 14 de janeiro no estacionamento do Shopping Luíza Motta, no Catolé.
O CASO
O mototaxista José Tiago da Silva, de 30 anos de idade, foi alvo de uma tentativa de homicídio por volta das 12h20 da segunda-feira (14/01) no estacionamento do Shopping Luíza Motta.
Os acusados chegaram numa moto e partiram para discutir com o mototaxista.
Em seguida um dos ocupantes atirou atingido José Tiago com três tiros, sendo dois na cabeça.
Um vigilante tentou intervir, mas foi impedido por um dos acusados.
José Tiago trabalha como mototaxista há 10 anos no local.
Ele não é permissionário da STTP.
O motivo do crime teria sido por causa de vaga num estacionamento.
No dia 18 de janeiro, às 09h00, a polícia civil cumpriu dois Mandados de Prisão Preventiva contra Williams e Weverton
Eles se apresentaram na 6ªDD no Catolé, onde foram informados que ficariam presos.
Neste dia o delegado Pedro Ivo, seccional da 10ªDSPC informou que: "o crime teve grande repercussão, tendo a ação sido filmado por câmeras do circuito de segurança do referido shopping. A vítima foi atingida por disparos de arma de fogo e se encontra na UTI do Hospital de Trauma de Campina Grande. A motivação do crime foi decorrente de desentendimentos em razão de local para ponto de mototaxi”.
Os dois aguardarão os desdobramentos do provável júri em liberdade.
No alvará ficou estabelecido que eles não podem se ausentar da Comarca sem prévia comunicação e devem se apresentar a justiça todas as vezes que forem intimados.
A vítima esta em casa, fora de perigo, mas com sequelas.
(Por www.renatodiniz.com)

8 comentários:

  1. Vcs mereciam um processo pelos sindicatos dos moto taxistas, esse rapaz que quase morreu é clandestino e Vcs deixam transparecer o contrário Manchando a categoria que tanto sofre por tantos clandestinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larga essa pedra de crack e preste atenção na matéria.

      Excluir
    2. É ISTO AÍ, AMIGO. SE SÃO CLANDESTINOS, POR QUE AS AUTORIDADES NÃO TOMAM PROVIDÊNCIAS ? CADÊ A PRF, PM, PC, CIRETRAN, DETRAN, ETC...ETC... ????
      MANDADO DE SEGURANÇA ? UMA OVA !!!!
      A LEGISLAÇÃO É BEM CLARA : " VEÍCULO DE CATEGORIA PARTICULAR FAZENDO TRANSPORTE REMUNERADO ", É ILEGAL !!!!!
      NINGUÉM FAZ NADA CONTRA ESTES CLANDESTINOS !!!!
      ATÉ SINDICATO EXISTE ????
      ESTE É O BRASIL QUE EU QUERO !!!!

      Excluir
  2. O cara levou tiros e vcs estão preocupados com o Detran kkkkkkkk vcs não sabem o país ainda continua corruptos idiotas kkkk

    ResponderExcluir
  3. Esses clandestinos são pais de família em sua maioria, seu Newton. Tu acha se eles tivessem de carteira assinada estariam trabalhando de mototaxi?
    Para desinformação os mototaxi que sugiram primeiro foram os clandestinos. É errado fazer trabalho remunerado bem particular, certo! Então vai que tirar também os entregadores de pizza, de comida, de açaí, motoboys ou você prefere ir buscar seus pedidos pessoalmente nos restaurantes pois todos eles usam motos particulares.
    Então quando você for fazer comentário pense antes.
    Obs: sou mototaxista clandestino e pai de família.

    ResponderExcluir
  4. Esses clandestinos são pais de família em sua maioria, seu Newton. Tu acha se eles tivessem de carteira assinada estariam trabalhando de mototaxi?
    Para desinformação os mototaxi que sugiram primeiro foram os clandestinos. É errado fazer trabalho remunerado bem particular, certo! Então vai que tirar também os entregadores de pizza, de comida, de açaí, motoboys ou você prefere ir buscar seus pedidos pessoalmente nos restaurantes pois todos eles usam motos particulares.
    Então quando você for fazer comentário pense antes.
    Obs: sou mototaxista clandestino e pai de família.

    ResponderExcluir