segunda-feira, 8 de abril de 2019

PC DESVENDA CRIME EM CAMPINA E PRENDE DOIS ACUSADOS

Dois adultos foram presos acusados de assassinar um jovem usuário de droga na noite de 03 de fevereiro deste ano em Campo D’Angola/São José da Mata, em Campina Grande.

As prisões foram realizadas na manhã desta segunda (08) por uma equipe da Delegacia de Homicídios coordenada pela delegada Nercília Dantas.
(Acusados presos)
As prisões de José Bosano Barros, de 27 anos, e Eduardo da Silva Almirante, de 21, são preventivas e foram expedidas pelo 2º Tribunal do Júri de Campina.
Segundo a delegada, o crime foi ordenado pelo fugitivo do PB1 e procurado da justiça identificado como “Gerson Bagaceira”.
("Gerson Bagaceira")
“A investigação aponta que o motivo da morte está ligado ao trafico de drogas, visto que cerca de dois meses antes a vítima havia sido apreendida com uma quantidade relevante de maconha pertencente ao mandante do crime. Pedimos a população que coopere com a polícia com informações sobre a localização do fugitivo através do 197”, informou Nercília Dantas.
O CRIME
(Terto)
Mateus Henrique Terto foi encontrado morto na localidade “Lagoa de João Gomes”/São José da Mata, em Campina Grande, por volta das 06h00 da segunda-feira (04/02).
Ele pode ter sido atraído para onde foi assassinado.
Havia sinais de luta corporal.
Na estrada foi encontrado um rosário que pertencia a ele.
Já próximo ao corpo havia um boné e uma sandália.
Mateus, que morava no sítio “Tambor”, foi morto por espancamento, pois a cabeça apresentava vários hematomas.
Ainda ao lado da cabeça foi encontrado um saco plástico que pode ter sido usado para asfixiá-lo.
A irmã dele confirmou que Mateus saiu para beber na tarde do domingo (03) com alguns “amigos”.
(Por www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário