segunda-feira, 29 de julho de 2019

O FIM DOS LIKES NO INSTAGRAM VEIO PARA DIMINUIR A ANSIEDADE DAS PESSOAS, DIZ PSICÓLOGA

Uma das redes sociais mais utilizadas na atualidade, o Instagram, retirou a visibilidade do número de curtidas nas publicações.
A medida já adotada pela empresa em outros países agora permite que apenas o usuário veja o número de curtidas que teve em alguma postagem.

À iniciativa foi alvo de inúmeras críticas, especialmente para os “digitais influencers”, figuras públicas que ganharam notoriedade através da divulgação de serviços ou produtos.
Para a psicóloga, Raissa Nóbrega, do Hapvida, a medida adotada pelo Instagram visa aumentar a interatividade entre as pessoas, para que se comece a prestar mais atenção no conteúdo das publicações, e não apenas nos números de curtidas.
Porque isso estava gerando uma competição entre as pessoas, e atrapalhando a saúde mental delas”, frisa.
Raissa ainda lembra que a iniciativa, adotada primeiro no Canadá, tem dado certo, e que no Brasil o fim dos likes é um teste.
Ainda não se sabemos se vai permanecer dessa forma, mas independente do ponto de vista, se essa será ou não a intenção do Instagram, o fato é que há um efeito positivo”, completa.
Ela ainda diz que as pessoas agora vão diminuir a ansiedade de muitas outras, que vivem na expectativa pelo número de curtidas nas publicações.
Há pessoas que chegam a apagar a publicação, porque não atingiu o número esperado de curtidas”, disse.
CONSELHO
A psicóloga dá um conselho aos pais, especialmente aos que dão atenção demasiada às redes sociais, e esquecem os filhos.
Ela diz, que muitos pais para não ver os filhos recém-nascidos chorando, acabam dando o celular, como uma espécie de “chupeta virtual”.
O ideal é que esse tempo seja de apenas uma hora, e mesmo assim com a supervisão dos pais ou responsáveis, porque se sabe que a internet é uma terra sem dono. Sem contar que o ser humano só se desenvolve a partir da experiência com o outro. Se passar muito tempo no celular, ela não vai desenvolver muito a área do cérebro, porque vai estar somente ali conectada”, aconselha.
(Por assessoria Hapvida)

Nenhum comentário:

Postar um comentário