segunda-feira, 19 de agosto de 2019

PRF RECUPERA CINCO VEÍCULOS ROUBADOS NA PARAÍBA NO FINAL DE SEMANA

*Apenas este ano já foram recuperados nas rodovias federais do Estado 124 veículos roubados ou furtados.
*O número é 58% maior do que o registrado no mesmo período do ano anterior
A Polícia Rodoviária Federal recuperou, no último final de semana, cinco veículos com ocorrências de roubado ou furto que estavam circulando nas rodovias federais da Paraíba. 

Os veículos foram abordados em fiscalizações distintas realizadas ao longo do Estado.
No município de Bayeux, BR 101 foi recuperado um Audi Q3, com registro de ocorrência em Goiânia, em junho deste ano. 
Também em Bayeux, na Unidade Operacional da PRF, foi abordado o veículo Prisma, com ocorrência de furto registrado em Mogi das Cruzes/SP.
Em Mamanguape, na BR 101, km 51, um Fiat Siena foi localizado abandonado.
O veículo havia sido roubado no município paraibano de Rio Tinto em maio deste ano.
No domingo (18/08) foi abordado em Queimadas, interior da Paraíba, um Fox e constatou-se após fiscalização minuciosa, que o veículo era clonado e havia sido roubado em Recife em dezembro de 2016.
Também no domingo foi recuperada a motocicleta Honda CG 150 furtada em fevereiro de 2011.
Apenas este ano, a PRF já recuperou, na Paraíba, 124 veículos roubados.
Muitos desses estavam clonados, utilizando placas e demais itens de identificação veicular adulterados, com informações de veículos com as mesmas características, mas sem registro de roubo ou furto.
A PRF alerta que aqueles motoristas que estiverem recebendo notificações de trânsito em lugares que nunca circularam devem procurar a polícia, pois o seu veículo pode ter sido clonado. 
Outra dica importante ao comprar um veículo usado é conhecer a procedência do automóvel, não acreditar em ofertas tentadoras e sempre realizar a transferência do veículo.
SISTEMA SINAL
A PRF disponibiliza o Sistema Sinal para registro de ocorrências de veículos roubados ou furtados.
Qualquer pessoa que tenha seu veículo roubado pode acessar o site www.prf.gov.br/sinal e registrar a ocorrência.
Os dados são imediatamente encaminhados para os celulares funcionais dos policiais de serviço.
As informações podem ser repassadas também através do telefone de emergência 191.
A PRF ressalta que o registro no sistema sinal não exclui a necessidade do registro na Polícia Civil.
(Por assessoria da PRF)

Nenhum comentário:

Postar um comentário