sexta-feira, 12 de junho de 2020

GOVERNO LIBERA PARCIALMENTE CULTOS, TRANSPORTE E CONSTRUÇÃO, MAS MANTÉM ESCOLAS E REPARTIÇÕES FECHADAS

O governador João Azevêdo assinou hoje o decreto 40.304, que dispõe sobre a adoção do plano ‘Novo Normal Paraíba’ e estabelece a matriz de orientação para a retomada gradual das atividades em todo o Estado, a partir da próxima segunda-feira (15/06).
Cada cidade obedecerá a cores de ‘bandeiras’ (verde, amarela, laranja e vermelha), dependendo dos índices de letalidade, transmissão da doença e ocupação de leitos nos municípios.
De acordo com o novo decreto, voltam a funcionar a partir do dia 15 os terminais rodoviários pertencentes ao Estado e o transporte intermunicipal, assim como a construção civil – incluindo as obras públicas e privadas. Missas e cultos também serão liberados, desde que as igrejas só recebam fiéis até 30% de sua capacidade.
Já as aulas presenciais nas escolas, universidades e faculdades da rede pública e privada permanecerão suspensas, bem como o expediente presencial nas repartições públicas estaduais. 
Os equipamentos públicos de cultura e esporte, pertencentes ao Estado, também continuarão fechados.
Retomada do comércio
A matriz de orientação para retomada das atividades em todo o Estado indica os segmentos autorizados a retomar atividades com mudanças no formato de funcionamento, independe de bandeira/fase. 
Cada município recebe uma bandeira de cor, que varia de vermelho ao verde, de acordo com índices de propagação do vírus e risco para a população com relação à assistência hospitalar. 
Com esta informação, observa-se quais tipos de negócios podem ser abertos e como devem funcionar.
Serão liberados para funcionamento, em qualquer bandeira, salões de beleza e barbearias, atendendo exclusivamente por agendamento prévio; shoppings centers, exclusivamente para entrega de mercadorias por meio de (delivery) e por drive trhu (vedado, em qualquer caso, o atendimento presencial de clientes dentro das suas dependências); as lojas e estabelecimentos comerciais, exclusivamente para entrega de mercadorias (delivery); hotéis, pousadas e similares, exclusivamente para atendimentos relacionados à pandemia do novo coronavírus; estabelecimentos que trabalham com locação de veículos; e treinamentos de atletas profissionais, observando todas as normas de distanciamento social.
Nos municípios sinalizados com bandeira laranja e vermelha, poderão funcionar: além dos já sinalizados com adequação – apenas atividades essenciais, como: agropecuária; cadeia produtiva e atividades acessórias essenciais; bancos, casas lotéricas, correspondentes bancários e seguradoras; empresas de telecomunicação, comunicação e imprensa; distribuidoras e geradoras energia, atividades de extração, produção, siderúrgica e afins; transporte, armazenagem, empresas de logística, Correios e manutenção de veículos automotores; supermercados e afins; serviços de Saúde; tratamento de água e esgoto e coleta de resíduos; e administração pública (observada a adoção regimes home office).
Nas regiões com bandeira amarela, funcionam os já autorizados na bandeira vermelha e laranja, além de hotéis, pousadas e afins; comércio, shoppings centers, comércio popular (camelôs) e serviços em geral; escolinhas de esporte sem contato físico (natação e tênis, por exemplo). 
Todos os segmentos da economia e da sociedade podem retomar suas atividades nos municípios que se encontram na bandeira verde.
(Por Pleno Poder - Jornal da Paraíba)

4 comentários:

  1. Agora vai um mói de burro pro saco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VAI MORRER MUITA GENTE MESMO, MENOS O GOVERNADOR QUE ASSINOU ESTA DESGRAÇA. EU SEMPRE DISSE QUE NEM OS VÍRUS GOSTAM DE POLÍTICOS !!!!!

      Excluir
  2. CREIO QUE COM ESSA DECISÃO DO GOVERNO A TAXA DE MORTALIDADE DEVIDO A COVID CRESCERÁ MUITO!!!!

    ResponderExcluir
  3. Governador o município de cacimbas e o único da PB com bandeira verde , o senhor.sxha que la, estava tendo algum tipo de restrição . Kkkkkk sabe de nada inocente . PT e companhia , o pior vírus que o Brasil já teve .

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.