quinta-feira, 13 de setembro de 2018

CASA DE REZADEIRA É INVADIDA DURANTE MOMENTO DE ORAÇÃO; EM OUTRO CASO PM PRENDE DUPLA ARMADA NO CENTRO


(Atualizado)
A casa de uma rezadeira foi invadida por um ladrão por volta das 16h00 desta quarta-feira (12/09).
A residência bastante frequentada por pessoas de todas as idades fica no Bairro Santa Rosa, em Campina Grande.
Cerca de dez visitantes, além de três moradores estavam no local.
O ladrão chegou numa moto, estacionou em frente a casa e entrou na sala onde estavam os clientes esperando para a oração.
O bandido foi ousado e atrevido.
Quando o telefone da residência tocou, por exemplo, ele atendeu e disse que a rezadeira não poderia atender “pois ela estava em trabalho e ligasse depois”.
Em seguida o bandido anunciou o assalto exigindo dinheiro e objetos das vítimas que foram trancadas num banheiro, além de deitadas no chão da cozinha.
A agonia durou aproximadamente 30 minutos.
A rezadeira que tem 72 anos de idade disse que nunca tinha ocorrido algo desta natureza.
Ela começou a orar pelas pessoas quando tinha apenas sete anos de idade.
Bastante chocada a mulher disse que vai orar e pedir a DEUS que o ladrão repense o seu modo de vida.
Já na Rua João Pessoa, no Centro, policiais do 10ºBatalhão prenderam dois homens que estavam numa moto. 
Eles moram no sítio Caixeiro, em Juarez Távora, no Agreste, e o condutor do veículo portava um revólver calibre "38".
Eles têm 30 e 26 anos de idade.
Nas proximidades de um sinal de trânsito o piloto da moto, ao perceber a presença da polícia, saiu com o veículo por cima da calçada, mas de nada adiantou.
Os conduzidos não souberam "dizer" o motivo do porte da arma.
O flagrante ocorreu durante a tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário