sábado, 9 de fevereiro de 2019

PC PRENDE ACUSADO DE EXPLODIR BANCOS

Uma ação que contou com policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, Inteligência da PM, PC do Rio Grande do Norte e Sistema Penitenciário resultou no  cumprimento de sete Mandados de Prisão Preventiva e três de Busca e Apreensão.


De acordo com o delegado Victor Melo, a operação teve o objetivo de combater quadrilha especializada em ações criminosas contra instituições financeiras.
A ação policial é resultado de uma investigação conjunta entre a DRF/CG e DEICOR/RN que iniciou-se no ano de 2018 e que, neste mesmo ano, já resultou na prisão de cerca de 15 pessoas envolvidas com ataques a instituições financeiras em várias cidades do Nordeste”, informou o delegado.
Nesta sexta foi deflagrada uma ação para dar cumprimento aos suspeitos envolvidos no ataque ao banco de Macaíba/RN, em julho de 2018, o único suspeito que ainda estava foragido era Igo Araújo que foi preso em casa, no Bairro Araxá.
Os Mandados cumpridos no PB 1, em João Pessoa, tiveram como alvos Também foi dado cumprimento de mandado de prisão aos nacionais Joéliton Barbosa, Karlos Emanuel, Matheus Peixoto, Marcelo Peixoto e Eclesiastes Alves.
Em Campina, no Serrotão, o Mandado foi contra Wellison Wilker.
OUTRAS PRISÕES DA DRF
A DRF também cumpriu dois Mandados de Prisão Preventiva nos Bairros Presidente Médici e Malvinas.
Com eles foram apreendidas três armas de fogo.
(Por www.renatodiniz.com com informações da DRF)

Nenhum comentário:

Postar um comentário