segunda-feira, 3 de junho de 2019

SEQUESTRO E ASSALTO NA ZONA RURAL DE CAMPINA

*Em outro caso: bandido se faz de morto para assaltar popular
Na noite do sábado (01/06) uma família de agricultores foi alvo de um assalto praticado por três ladrões encapuzados.

Os ladrões passaram cerca de 30 minutos dentro da residência.
Tudo teve início às 23h00 quando um agricultor numa moto se dirigia para a casa que fica localizada no na comunidade “Queimada da Ema”, nas proximidades de Catolé de Boa Vista, em Campina Grande.
A abordagem a ele aconteceu ainda às margens da rodovia estadual.
Os três ladrões estavam numa motocicleta, abordaram a vítima e a obrigaram a leva-los até a residência dela.
Um dos assaltantes ainda subia na motocicleta do rapaz.
Do local da abordagem até a residência, foram percorridos cerca de 5km.
Na residência havia mais quatro moradores que foram feitos reféns.
O pai do agricultor, que estava deitado, quando os bandidos chegaram trazendo o filho como refém, contou que percebeu algo estanho.
Os bandidos vasculharam todos os cômodos.
Eles roubaram uma moto, celulares e outros pertences, além de uma pequena quantia.
SE FEZ DE MORTO PARA ASSALTAR
Já na noite deste domingo (02) um homem teve um carro roubado nas imediações do Hospital da FAP, em Bodocongó.
Ele viu um homem deitado no meio da rua e quando para saber do que se tratava ou para socorrer, foi surpreendido.
Trata-se de um ladrão que se fingiu de morto.
O ladrão o rendeu e além do carro roubou “600 reais”, celular e cordão de ouro.
O assaltante contou com a ajuda de mais dois comparsas.

Um comentário: