quinta-feira, 12 de setembro de 2019

HOMEM É ASSASSINADO DENTRO DE CASA NA PALMEIRA; RESIDÊNCIA FOI INCENDIADA

*Acusado foi preso pela PM no Sertão e confessou o crime
*Jogo de poker motivou homicídio
Um homem de 33 anos foi assassinado com golpes de faca e depois foi enforcado com cordas.
O crime ocorreu na manhã desta quarta-feira (11/09) dentro de uma casa na Rua Arquimedes Souto Maior, no Bairro Palmeira, em Campina Grande.
A vítima foi Guilherme Gregório da Costa Brito.
A polícia civil só tomou conhecimento do homicídio na tarde desta quarta-feira.
(Guilherme: vítima)

O acusado, após o matar Guilherme, fugiu com o carro da vítima, mas na manhã desta quinta (12) foi preso nas imediações de um posto de combustíveis, em Cajazeiras, no Sertão, por policiais do 6ºBPM.
Trata-se de Rudson Dias de Oliveira, de 31 anos, que confessou o crime.
Vítima e acusado eram amigos.
(Acusado)

"Por volta das 05h30 de hoje as viaturas de radio-patrulhamento realizavam rondas e já tínhamos informações dessa morte em Campina Grande e de que o suspeito estava com o veículo da vítima. E nos chamou a atenção um veículo Etios com placas de Campina Grande, circulando na cidade. Um das nossas guarnições realizou a abordagem. Quando o suspeito foi levado ao Batalhão, ele confirmou que em luta corporal com um companheiro houve uma luta corporal e ele acabou 'ceifando' a vida com parceiro dele quando jogavam uma partida de poker", disse o major Terceiro, comandante do 6ºBPM, em contato com o www.renatodiniz.com. Ainda, conforme o comandante, o acusado disse que "apenas se defendeu" da atitude que partiu da vítima.
O comandante Terceiro acrescentou que "o preso disse que não queria o fato e apenas se defendeu da agressão da vítima... E que os dois tinham uma relação de amizade e no momento estava desnorteado, sem saber o que fazer... Ele demonstrava arrependimento... Ele não esboçou nenhuma reação. Ele atendeu a todos os comandos da nossa guarnição". 
O investigação está sob a responsabilidade do delegado Cristiano Brito e equipe.
E delegado disse que por enquanto o acusado deverá permanecer em Cajazeiras.

Cristiano informou que Guilherme foi morto com um golpe de arma branca que perfurou o pulmão e depois sofreu estrangulamento com cordas.        
Na manhã desta quinta a casa onde ocorreu o crime foi parcialmente incendiada.
O corpo de Bombeiros esteve no local e evitou que o fogo se alastrasse. 
(Por www.renatodiniz.com com informações de Ademar Trigueiro/TV Borborema)

Nenhum comentário:

Postar um comentário