terça-feira, 5 de novembro de 2019

SECRETÁRIO GERALDO MEDEIROS ABRE “CAMPANHA NOVEMBRO AZUL”

O Secretário de Saúde da Paraíba, médico Geraldo Medeiros, abriu na manhã desta segunda-feira (04/11), Campanha Novembro Azul, no Estado.

Além do estímulo à prevenção do câncer de próstata, durante todo o mês, serão realizadas ações articuladas com as Gerências Regionais de Saúde, serviços de saúde e municípios, incentivando o autocuidado da população masculina e adoção de hábitos para uma vida saudável.
Geraldo Medeiros destacou a importância do homem cuidar da sua saúde. 
Neste mês, aproveitamos para lembrar a população masculina da importância de se cuidar o ano todo, com destaque para a prevenção do câncer de próstata, que pode ser curado em 90% dos casos que forem detectados precocemente. Todos nós temos a obrigação de disseminar as informações para diminuir essa epidemia”.
Médico Otávio Soares, coordenador do Serviço de Assistência Especializada – SAE Familiar, do HU de João Pessoa, reforçou que além do câncer de próstata, têm outras doenças que o homem deve se cuidar de forma precoce.
"Têm as Infecções Sexualmente Transmissíveis – IST, a exemplo da sífilis. Mas vale salientar que, assim como o câncer de próstata, se for descoberta no início, também tem cura”, frisou.
O coordenador da Área Técnica de Saúde do Homem da SES, Hélio Soares, disse que o grande desafio da Campanha é o perfil da maioria dos homens.
"São pessoas que não choram; não sofrem e também não vão ao médico e nem cuidam da saúde”.
Hélio lembra que, além do câncer de próstata, as doenças que mais afetam os homens são: infarto agudo do miocárdio; fatores externos (acidentes/violência por arma de fogo ou arma branca); diabetes mellitus; pneumonia; acidente vascular cerebral hemorrágico; câncer de próstata; câncer dos brônquios e dos pulmões; câncer do estômago; câncer do fígado e vias biliares intra-hepáticas, e câncer da cavidade oral/ traqueia, brônquio e pulmão.
Quanto aos óbitos, de janeiro a outubro de 2019, morreram na Paraíba 969 homens vítimas de infarto agudo do miocárdio; 463 de violência por arma de fogo ou arma branca; 642 de pneumonia; 590 de diabetes mellitus; 254 de AVC; 272 de câncer de próstata; 173 de câncer dos brônquios e pulmões e 142 de câncer de estômago.
Para fazer o exame do toque retal, a orientação é que seja a partir dos 50 anos, no entanto, se for negro ou tiver alguém da família que morreu com a doença e tenha parentesco de primeiro grau, a idade cai para 45 anos.
PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO AZUL 2019
06/11 Sousa
Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
07/11 Patos
Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
12/11 Campina Grande
Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
13/11 João Pessoa
Oficina de Saúde do Homem, com foco em ações que estimulem a adesão dos Homens aos serviços de saúde, principalmente a atenção primária
Público: Gestores da Atenção Primária dos Municípios
19/11 Cefor
Roda de Conversa sobre a saúde integral do homem e a Sintomatologia do Câncer de Próstata.
Durante o mês de novembro haverá ações e consultas com urologista e coleta de exames PSA, com agendamento no serviço, Hospital do Bem, em Patos.

(www.paraibanoticia.net.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário