segunda-feira, 22 de junho de 2020

JONAS DE SOUZA E A OPOSIÇÃO EM MONTADAS

Ao que parece a oposição em Montadas quer facilitar a reeleição do prefeito Jonas de Souza (PSD).
A desistência do principal nome dos opositores, o empresário Robson Avelino, caiu como uma ducha fria.
E aqui não vai nenhuma soberba, nenhum menosprezo a pré-candidatura do professor Lulu.
Lulu tem um bom trânsito com os eleitores, mas as circunstâncias...
O fato é que as poucas opções demonstram um desarranjo na oposição montadense que tenta montar um time competente para destronar Jonas.
Passaram todo este tempo apenas esperando a resposta de Robson.
A resposta que já sabiam que viria: “a ré pra trás”.
Eu sendo um vereador de oposição, por exemplo, ficava na posição de pleitear a reeleição ao cargo.
Lulu que foi vice de Jonas, rompeu com prefeito, depois voltou, depois renunciou, não tem o que perder.
E o termo “perder” aqui não é pejorativo.
E mais uma vez eu digo: aqui não vai nenhuma soberba, nenhum menosprezo a pré-candidatura do professor Lulu que é um sujeito de fino trato.
Este texto é apenas uma simples leitura do quadro atual.
E o quadro atual mostra o quanto Jonas está preparado para permanecer por mais quatro anos e se preparou para enfrentar mais uma eleição.
Ganhou uma eleição sem dinheiro e agora, a frente da prefeitura, a cidade anda, e ele está mostrando serviço.
É preciso se desarmar da mesquinhez e enxergar o óbvio.
É preciso ver que ele não está apenas deixando o tempo passar.
Não!
O prefeito está trabalhando.
Ele não é unanimidade (assim não teria graça), não é perfeito, mas está fazendo dever de casa.
E como não poderia deixar de ser, é um Veríssimo, está chegando ao ponto certo da política montadense e tem liderança.
Jonas deve ter como candidato a vice-prefeito o vereador Cássio Avelino.
Como eu disse: este texto é apenas uma simples leitura vista do meu ponto de vista.
(Por Renato Diniz - www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário