sexta-feira, 15 de maio de 2020

NELSON TEICH PEDE DEMISSÃO COM MENOS DE UM MÊS NO MINISTÉRIO

O ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu exoneração do cargo que ocupava desde 16 de abril após a demissão de Luiz Henrique Mandetta.
Segundo fontes próximas ao governo, o motivo da saída de Teich do ministério teria sido a divergência dele com o presidente Jair Bolsonaro sobre o uso da cloroquina para pacientes contaminados pelo novo coronavírus e a flexibilização de medidas de isolamentos social.

O secretário executivo, general Eduardo Pazuello, assume interinamente.
Outro motivo de atrito entre Teich e o presidente foi o decreto que ampliou as atividades essenciais no período da pandemia, incluindo salões de beleza, barbearia e academias de ginástica na lista.
O ministro sequer foi consultado e ficou sabendo da ampliação pela imprensa.
De acordo com a assessoria de comunicação do Planalto, haverá uma coletiva de imprensa ainda na tarde desta sexta-feira (15/05)) para mais detalhes sobre a saída de Teich da pasta.
"O ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu exoneração nesta manhã. Uma coletiva de imprensa será marcada nesta tarde", informou, por meio de nota.
Quando empossado, Teich prometeu não fazer mudanças radicais na política adotada durante a gestão de Mandetta, disse que tomaria decisões com base em critérios técnicos e que haveria um alinhamento completo entre ele e o presidente da República.
No entanto, nos últimos dias, Bolsonaro pressionou o agora ex-ministro para que ele fizesse alterações em protocolos do Ministério da Saúde envolvendo o uso de cloroquina.
A recomendação da pasta, até o momento, é para que a medicação seja usada apenas em casos graves e de internação, já que o uso dela no combate à doença não tem efeito comprovado.
(Por Terra)

14 comentários:

  1. EU, NA MINHA INFINIDADE INFANTILIDADE, IMAGINEI QUE ESSE CIDADÃO NÃO TEM PIQUE PRÁ ESSE PROCESSO, É CANSADO NA DESCIDA, NÃO ERREI, ESTÁ FORA E NÃO DEVERIA TER ACEITADO, É LERDO, É RICO E NÃO NECESSITA DISSO... OU BOTA UM DOIDO PRA IR JUNTO AO OUTRO DOIDO OU TÁ FORA.DOIDO PRÁ DAR SOLUÇÃO A ESTE PAÍS DE DEZESSEIS ANOS DE DESGOVERNO, TEM QUE SER MAIS DOIDO QUE O MITO, AINDA MAIS COM ESSE TEMPORAL DE VERMES NO MUNDO.
    O POVO ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS, NÓS............

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. NÃO É " DOIS BURRO ". DEVE SER ESCRITO : DOIS BURROS ! PASSOU DE UM, TEM QUE PLURALIZAR. ORA BOLAS ! EU FALAR ISTO PARA UM PETISTA, É MELHOR ENSINAR À UMA PAREDE.
      FALANDO EM PETISTA : AMANHÃ TEM MAIS 600,00 PARA VOCÊ, NÃO É MESMO ??? VIVA O NOSSO CAPITÃO !!!

      Excluir
    2. Valeu chupa ovo ou ovos. Kkkkkkkkk

      Excluir
  3. Bossonario ja cavou sua cova
    Pra 2022
    Nao ganha nem pra vereador....
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E quem seguir ele e ?
    Burro....ou .....burros
    Kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. ANTES TINHA O (INSTITUTO NACIONAL BRASILEIRO)
    DEPOIS O MOBRAL
    HOJE TÊM UM CORRETOR NOS CELULARES

    E ÓTICAS EXISTEM POR AÍ

    ResponderExcluir
  5. Coitados destes cegos e burros analfabetos políticos que não notaram que este senhor saiu porquê é um homem sensato e sabe que não tem como receber ordens tão absurdas de um presidente desmoralizado desse já era é hora de jogar a toalha e passar a vez e o ultimo a sair do castelo de cartas apaga a luz.

    ResponderExcluir
  6. Quen for traidor tem que sair , nesse governo ,comedor de mortadela e bebedor de pitu tem que sair . Nosso presidente está no caminho certo . 73% de aprovação ,não tem condenado que goste . Kkkkkk

    ResponderExcluir