sexta-feira, 19 de junho de 2020

EX-PRESIDIÁRIO É MORTO A TIROS EM CAMPINA NA NOITE DA QUINTA

Um ex-presidiário foi assassinado no final da tarde desta quinta-feira (18/06) no Bairro Mutirão, em Campina Grande.
Ele estava em casa, na Rua Agripino Colaço, quando alguém o chamou.
Conforme informações, ao sair para ver que era, Cícero Damião Araújo, de 32 anos, foi baleado na cabeça e morreu na hora.
A mãe da vítima afirmou que só ouviu os disparos.
Havia cerca de um mês que ele saiu da Penitenciária Regional Raimundo Asfora.
Na casa de “matuto”, como ele era conhecido, a Polícia Civil localizou uma arma de fogo.
No dia 1º de julho de 2015 o Núcleo de Homicídios de Queimadas cumpriu um Mandado de Prisão Preventiva contra “matuto”.
Ele foi acusado de assassinar a pauladas Pedro de Souza Silva.
O crime aconteceu no dia 03 de julho de 2011 no sítio “Água Fria”, em Aroeiras, no Agreste.
Na época a vítima tinha também 27 anos.Cícero foi preso em Campina Grande, no Bairro Ramadinha.
(Por www.renatodiniz.com)

2 comentários:

  1. OPA, MENOS 1 !!!! DO VÍRUS ELE ESCAPOU, MAS DA BALA NÃO !!!! VAMOS LOGO DAR BAIXA NESTE CPF !!! MENOS 1 !!!!!

    ResponderExcluir
  2. BOM DIA ... AÍ NÃO É CASO DE BANDIDO NÃO, VINGANÇA POR JÁ FEITO UM ASSASSINATO.

    ResponderExcluir