quarta-feira, 26 de setembro de 2018

METRALHADORA USADA POR QUADRILHA EM SALGUEIRO PODIA DERRUBAR AVIÕES


A quadrilha que tentou assaltar um avião de transportes de valores na manhã desta quarta-feira (26/09) em Salgueiro, Sertão de Pernambuco, possuía um armamento capaz de derrubar aviões e furar blindagens de carros-forte.

A ação da polícia, que terminou com a morte de seis criminosos, também apreendeu seis fuzis AK 47, um fuzil FAL 762 e uma metralhadora Browning .50.
Na semana passada, uma metralhadora do mesmo modelo foi apreendida pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.
Ela estava sendo negociada por “200 mil reais” para traficantes de uma comunidade da capital carioca e foi a maior arma já encontrada naquele estado.
A metralhadora .50, armamento mais potente utilizada pelo grupo, é de uso exclusivo das Forças Armadas pelo mundo.
A arma é capaz de furar a blindagem de carro-forte e aeronaves e mede 1,68 metro e pesa 38 quilos.
Ela dispara de 400 a 600 tiros por minuto, tendo uma precisão que alcança 1,5 quilômetro (km).
A metralhadora Browning ponto 50 é utilizada como arma antiaérea, terrestre e, também, naval.

A preferência por essa arma baseia-se na sua versatilidade em combate, por causa da configuração de sua munição, que pode ser perfurante, explosiva, traçante (munição que contém uma pequena quantidade de fósforo que se incendeia durante o disparo com o objetivo de direcionar e iluminar o alvo. É usada para localizar o inimigo durante um ataque), incendiária e perfurante contra blindagem.
Esse tipo de arma, com pequenas atualizações, continua sendo usada pelas Forças Armadas norte-americanas.
(OP9 PE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário